Postagem em destaque

Helder deve ser julgado nesta quinta-feira pelo TRE

Ministro é acusado de abuso de uso indevido dos meios de comunicação O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), dever...

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Secretária de Saúde de Rurópolis emite nota sobre Febre Amarela Silvestre em Macacos

Em nome da Secretaria Municipal de Saúde comunico a população em geral e comunidades vizinhas que tivemos mais um caso positivo de Febre Amarela silvestre em macacos, nesta vez foi no Travessão do Km 115, BR 163.
A Secretaria de Estado de Saúde Pública - SESPA - nos comunicou nesta noite. Aviso a todos que estamos intensificando as ações de imunização, mas que a prevenção da Febre Amarela também depende do controle dos vetores e para isso, amanhã começará a aplicação de fumacê nas comunidades onde foram encontrados os macacos mortos que deram positivo. Esclarecemos que esta Secretaria não tem medido esforços para que não aconteçam casos
humanos. Hoje chegaram mais 1000 doses da vacina e estamos aguardando a chegada de mais 20.000 doses para próxima semana. E que neste momento precisamos de voluntários para que esta imunização chegue a quem precisa! Secretária de Saúde Enfermeira Fernanda Cardoso...
SECRETÁRIA FERNANDA CARDOSO FALA PARA A POPULAÇÃO NÃO SE PREOCUPAR QUE A SITUAÇÃO ESTÁ SOB CONTROLE.
Nesta terça-feira 21 de fevereiro, em torno de 17 h, a Secretaria Municipal de Saúde de Rurópolis recebeu o resultado do exame realizado no primata da Comunidade Estrela do Norte, mais conhecida como Piçarreira. O exame genético realizado em amostras de vísceras do animal, denominado Reação em Cadeia da Polimerase, identificou a presença de DNA viral da febre amarela. A SEMSA esclarece que desde o primeiro evento de epizootia, notificou as autoridades competentes e obteve resposta em menos de uma semana com a vinda da equipe da SESPA e do Instituto Evandro Chagas. Essa agilidade na informação permitiu que ações de vigilância epidemiológica fossem realizadas precocemente, principalmente bloqueio vacinal e pesquisa de focos do mosquito transmissor da doença na comunidade em questão.
Este animal foi monitorado pelas equipes de vigilância e atenção básica até a confirmação do óbito e posterior encaminhamento à cidade de Belém. Importa ressaltar que a SEMSA tem investigado casos de epizootia nas vicinais do Sonrisal, Km 115 e dos Baianos e tem tomado as medidas adequadas a cada caso. Informa também que o município já recebeu 2000 doses adicionais da vacina e que no dia 23 deste mês chegará mais 1000 doses. Aguarda-se ainda o atendimento ao Plano de Ação para estes casos em que foi solicitado 20000 doses para todo o município.
Portanto, esta Secretaria ofertará a imunização durante todo mês nos postos de saúde e na recepção do Hospital Municipal. Deixando claro que a prioridade são as comunidades que necessitam de bloqueio vacinal, as crianças e adultos que ainda não foram vacinados. Idosos precisam de avaliação médica para então receber a vacina. Gestantes e as mães que amamentam bebê menor se 6 meses também não poderão ser imunizadas, além daqueles que são alérgicos ao ovo.  A SEMSA continuará no monitoramento e manejo dos casos de epizootia e solicita da sociedade participação para controle dos mosquitos transmissores da Febre Amarela.

FONTE: ASCOM/SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RURÓPOLIS


Reações:

0 comentários: